Empreendedorismo Ideias de Negócios Tipos de negócios Vendas

5 ideias para ganhar dinheiro vendendo alimentos

ganhar dinheiro vendendo alimentos

Investir na venda de alimentos pode ser um negócio muito promissor. Isso porque verdade seja dita, passamos muito mais tempo na rua trabalhando e/ou estudando do que em casa. Então, pelo fato desse ser um estilo de vida completamente corrido, muitas pessoas se alimentam fora de casa ou pedem comida por não terem tempo de cozinhar ou por conta do cansaço.

Sendo assim, se você já percebeu que (por conta do mencionado acima) dá sim para ganhar dinheiro vendendo alimentos e deseja investir nesse ramo, mas ainda não sabe por onde começar, continue lendo esse artigo, pois ele foi feito para você.

Abaixo você poderá conferir 5 ideias maravilhosas de como ganhar dinheiro vendendo alimentos e conseguir aquela renda extra no fim do mês que faz toda a diferença. Confira!

1. Venda doces

Se você é do tipo de pessoa que arrasa na produção de doces e sempre recebe elogios pelas suas criações, esse é o seu momento de começar ganhar dinheiro vendendo alimentos.

Não é segredo que doces são muito amados e procurados por muitos brasileiros, principalmente para matar a vontade depois daquele maravilhoso almoço no início da tarde.

Além disso, saiba que em determinados locais, tais como: escolas e faculdades, a procura por doces é ainda mais alta. Certamente alguma vez ao passar pelos corredores da faculdade ou da escola você presenciou a cena de alguém vendendo brigadeiros, trufas, bolo no pote e nem ao menos mensurou o quanto aquele simples ato pode ser lucrativo, certo?

E de fato é! Muitas pessoas no Brasil investem na venda dessas guloseimas em locais onde tenham muita presença de estudantes. Isso porque é extremamente comum encontramos esses produtos na hora do intervalo e na entrada ou saída.

Mas a venda de doces não para por ai…

Como informado, doces são alimentos que vendem muito em todos os lugares. Então, se você possui o dom de fazer guloseimas ou deseja investir nesse segmento, saiba que, com esforço, em pouco tempo você verá como esse é um bom investimento.

2. Venda salgados

Se a venda de doces já faz sucesso, imagine só a de salgados. Isso porque na correria do dia a dia muitos optam por lanchar aquele salgado, pizza ou pão de queijo, por exemplo, antes de ir para a aula, para o estágio ou como janta depois do trabalho.

Sendo assim, se você também possui talento para a criação de salgados, esse também pode ser o seu momento de começar ganhar dinheiro vendendo alimentos. E, apesar de muitas pessoas já terem percebido o quanto esse “mercado” é vantajoso, as melhores comidas, com melhores atendimentos e personalizações, sempre chamam mais atenção, principalmente se o seu custo beneficio é muito melhor do que os das cantinas e restaurantes que costumam possuir um preço extremamente alto.

Então, saiba que começar a comercializar aquela torta caseira, aquele sanduíche natural, aquela coxinha maravilhosa ou aquele pão de queijo quentinho, podem te ajudar a ganhar uma boa grana.

3. Venda marmitas congeladas

Bom, como você já pode perceber, um dos seguimentos que mais consegue retorno é, sem dúvidas, o alimentar. Isso porque muitas pessoas optam por comprar marmitas e comidas congeladas para poderem se alimentar durante a correria do dia a dia.

Sendo assim, se você manda bem na cozinha e adora inovar nas suas receitas, esse pode ser o seu momento de começar ganhar dinheiro vendendo alimentos. Se você arrasar na produção de alimentos saudáveis então, estará um passo à frente da concorrência

Dito isso, saiba que a venda de alimentos congelados é uma excelente ideia de negócio, pois como falamos, as pessoas estão cada vez mais consumindo esse tipo de alimento. Então, se você sabe cozinhar, essa pode ser uma grande possibilidade de empreendimento para você, pois você pode começar com pouco investimento e ir crescendo conforme for atraindo mais clientes.

4. Venda dindin, geladinhos, sorvete e picolé

Se você está procurando algo para empreender com pouco investimento para ganhar dinheiro vendendo alimentos, saiba que produtos gelados fazem muito sucesso em países com clima tropical, como é o caso do Brasil.

Certamente você já deve saber que essa é uma das áreas mais promissoras para se investir durante o verão, certo? E de fato é verdade, vender coisas geladas debaixo daquele solzinho chato possui um grande potencial, principalmente em cidades onde há praia. Aliás, eis outro lugar muito bom para realizar esse tipo de venda. Mas, saiba que esses são produtos que vendem em todo o lugar e durante todo o ano. Portanto, o segredo para se destacar é inovar e apresentar sempre o seu melhor.

No caso de dindin e geladinho, você pode inovar com sabores novos, misturas deliciosas e até mesmo com misturas alcoólicas. Esse último tem crescido cada vez mais, pois tem procura e demanda. Então, não deixe a insegurança te paralisar, invente e reinvente, pois, com certeza, você terá um bom retorno.

No caso de picolés e sorvete, você tem duas opções: você pode produzir e vender a sua criação ou você pode comprar para revender. De qualquer forma, o lucro pode ser garantido se você procurar oferecer um bom produto, um bom atendimento, dedicação e um bom preço.

De qualquer forma, essa é uma excelente oportunidade para quem quer ganhar dinheiro vendendo alimentos.

5. Venda petiscos

Se você tem interesse em abrir uma barraquinha ou um food truck, saiba que petiscos também são uma boa área para investir e para ganhar dinheiro vendendo alimentos. Isso porque a procura por alimentos em certos locais, como, por exemplo, pontos turísticos, pracinhas e praias, é muito grande, principalmente porque nos quiosques tudo é mais caro.

Aliás, você sabe que não precisa de uma barraca para vender os alimentos, não é mesmo? Logo, você pode ganhar bastante dinheiro apenas caminhando e divulgando o que está vendendo.

A dica, nesse caso, é descobrir o que mais é procurado em cada região, afinal os costumes mudam de local para local.

Dito isso, saiba que além do tradicional churrasquinho e cachorro quente, você pode vender frango a passarinho, camarão, peixe-frito, Acarajé e abará, queijos, etc.

Artigos relacionados:

Deixe seu Comentário