Curiosidades

Clicherista: o que faz? Vale a pena?

Clicherista

Talvez você tenha a ideia errada do que seja um clicherista e o que ele faz. Pode ser até que você esteja pensando naquela velha piada de que é uma área que não passa de um clichê qualquer. Mas piadas à parte, hoje você irá conhecer o que realmente é essa profissão.

Aliás, você irá descobrir que esse pode ser um ótimo negócio para o ano de 2020. Diferenciado e com poucas unidades pelo país, você pode se destacar facilmente nessa área. Isso também pode ocorrer através de uma boa divulgação e trabalho bem feito.

Portanto, descubra agora mesmo o que é o clicherista, o que faz e como investir nessa área. Você pode se surpreender e querer começar a empreender hoje mesmo.

Isso porque se você souber se planejar financeiramente e garantir pequenos gastos na abertura desse negócio, o investimento é baixo. No entanto, é preciso atenção, porque sem uma boa administração você pode errar e acabar se frustrando.

Todo o cuidado é pouco quando se fala de investir o dinheiro na hora de obter lucro. Logo, não perca nem mais um minuto e confira como fazer valer o seu dinheiro nesse novo negócio.

O que é um clicherista?

Remetendo um pouco à piada do clichê, um clicherista é alguém que realmente trabalha com clichês. Mas calma, não é no sentido da gíria que conhecemos, e sim com algo completamente diferente do que você está imaginando.

Um clichê é uma placa gravada em relevo para a impressão de textos e imagens diversos por meio de uma prensa específica. É mais ou menos como uma gravura e mais ou menos como o processo de fazer uma placa de carro.

O grande diferencial é que você não precisa focar apenas na parte artística e nem se limitar a apenas um objeto em específico. Você pode trabalhar para pequenas empresas e investir na boa divulgação de seu trabalho. Assim sendo, você consegue construir uma boa e sólida base de clientes em poucos meses de trabalho.

Além do mais, uma das partes mais legais do trabalho é investir em criações novas. Ao oferecer modelos de placas personalizadas e diferenciadas de tudo aquilo já visto, você garante que seu trabalho é especial.

Assim sendo, o clicherista não depende apenas da boa divulgação e da qualidade de seu trabalho. Um bom clicherista depende mais de sua originalidade e criatividade com as placas. Somente assim você consegue chamar a atenção de maneira positiva para que os clientes voltem a fazer negócio.

Portanto, é muito importante saber como lidar com o cliente e ter uma boa equipe para fazer os clichês com qualidade. Se possível, fazer um curso de marketing online também é uma opção viável para garantir originalidade.

Clicherista

Como abrir uma empresa de clichês

Esse é o tópico mais importante para quem deseja se tornar um clicherista e ainda não tem nem ideia de por onde começar o trabalho. Primeiro de tudo, garanta a documentação para empreender. Ou seja, entenda o que é o MEI e como garantir que esse documento esteja em ordem.

Em seguida, você pode solicitar o CNPJ para que sua empresa seja devidamente registrada. Dessa maneira, você garante que o seu negócio obedece às leis e está nos conformes. Isso evita muitos problemas futuros e evita que sua loja seja fechada por falta de documentação legal.

Depois disso tudo feito, é legal que você invista um pouco de dinheiro para patentear sua marca. Assim sendo, você garante que o nome do seu novo negócio pertence apenas a você e somente você. Sua clicheria, então, já tem meio caminho andado para dar certo.

Logo em seguida entra a parte mais alta do investimento: local e maquinário. Como o clicherista trabalha com clichês e placas gravadas geralmente são grandes, principalmente se o seu foco é comércio, você irá precisar de espaço. Dessa maneira, localização é algo que deve ser muito bem pensado.

Isso também implica que o aluguel será um pouco maior que de uma pequena loja, mas o lucro dos negócios pode cobrir facilmente essa parte. Sendo assim, invista em um local plano e com boa circulação de ar.

Além disso também é preciso pensar na localização geográfica da sua nova empresa. Shoppings e ruas pouco movimentadas não são o ideal nesse caso. Afinal, as pessoas pouco sabem a respeito do clicherista, logo, é preciso mostrar ao mundo seu comércio.

O ideal é escolher grandes avenidas e centros econômicos. Em seguida, o maquinário de qualidade deve ser o seu maior investimento para obter lucro futuro.

Inovando como clicherista: fazendo valer a pena

Como a profissão já existe e algumas pessoas já investiram nesse negócio, pode ser um pouco difícil se consolidar bem no mercado. Isso não significa que uma boa clientela aparece logo no início. Muito pelo contrário, mesmo que já existam clicherias, o número é bem reduzido.

Mas, é preciso inovar nessa profissão se quiser garantir uma boa margem de lucro. Dessa maneira, não basta saber planejar os gastos e entender de fluxo de caixa, é necessário entender de divulgação e atendimento. Um negócio de sucesso sempre se destaca pela sua originalidade e, principalmente, o trato com os clientes.

Assim sendo, comunicação é essencial para manter os clientes satisfeitos, para que assim eles recomendem seus serviços e produtos. Dessa forma, por que não aproveitar a melhor comunicação de todas?

A tecnologia pode ser de grande ajuda nesse momento se você souber utilizar dela e seus benefícios. Portanto, se você optou por patentear o seu nome, você pode investir em um site oficial. Lá, você amplia seus clientes e pode atender o país inteiro sem problemas.

Os valores de frete podem ficar a cargo do cliente sem maiores problemas e você ainda terá um bom lucro. Além disso, você pode fornecer orçamento gratuito a distância e atender a qualquer momento com a demanda.

Logo, ser um bom clicherista significa investir bastante tempo para a construção de um bom ambiente de trabalho. Também significa que você se preocupa com qualquer cliente, seja ele físico ou através do atendimento online. Essa forma de atendimento é bem diferente nesse ramo e é nesse momento que você garante bom lucro e mais clientes.

Deixe seu Comentário