Tipos de negócios Vendas

Como abrir uma loja de bijuterias? Veja passo a passo

como abrir uma loja de bijuterias

Você quer começar a empreender e está pensando em abrir uma loja de bijuterias? O mercado de bijuterias está em alta no Brasil e vem crescendo exponencialmente nos últimos anos.

Para se ter uma ideia, segundo um relatório da McKinsey Global Institute, estima-se que as vendas anuais do setor chegarão a US$250 bilhões/ano até 2020.

Antes, essas peças, que são fabricadas a partir de metais e pedras preciosas de baixo valor econômico, eram utilizadas apenas por hippies e pessoas de renda baixa, pelo fato de o material ser pouco nobre.

No entanto, com o passar do tempo, as mercadorias foram se adaptando e melhorando o acabamento até virarem acessórios de moda, passando a ser usados até mesmo por pessoas da alta sociedade como sinônimo de elegância e sofisticação.

Pulseiras, colares, anéis e brincos, entre outros adereços, conquistaram status de adereços do mundo fashion por serem mais baratos em relação às semi-joias e joias, mas com beleza igualmente atraente.

Com isso, muitos empreendedores avistaram neste setor uma oportunidade de negócio relativamente simples e barato de montar, não só por conta do aumento de vendas das bijuterias, mas também por se tratar de um tipo de produto não perecível, de grande giro e, diferente de antigamente, consumido por todas as classes sociais.

Mas engana-se quem pensa que montar uma loja de bijuterias é fácil. Apesar de ser um negócio simples, por conta da alta concorrência deste nicho, planejamento e inovação são essenciais, assim como acontece em outros mercados.

Acertar na escolha do ponto da loja e das peças, traçar o perfil do público-alvo, analisar os concorrentes da região, realizar um bom planejamento financeiro e de vendas, oferecer um bom atendimento e criar estratégias eficientes de divulgação estão entre os fatores essenciais para você ter sucesso neste ramo.

Quer saber como abrir uma loja de bijuterias passo a passo e ganhar muito dinheiro? Continue a leitura!

Veja também:

10 passos para abrir uma loja de bijuterias de sucesso

como abrir uma loja de bijuterias

Passo 1: Faça um plano de negócios

O plano de negócios é o ponto de partida para qualquer empreendimento de sucesso. Trata-se de um documento no qual o empreendedor pode ter uma visão mais ampla sobre o mercado no qual está inserido e, também, sobre a empresa de forma geral.

Nele, é possível definir questões como investimentos em equipamentos, materiais, maquinário, pagamento de funcionários, bem como perfil do público-alvo, produtos que serão vendidos, previsão de faturamento mensal, localização da empresa, concorrência, entre outras informações importantes que poderão fazer toda a diferença futuramente.

Veja abaixo os principais pontos que devem constar em um plano de negócio:

  • O que é o negócio;
  • Quem serão os seus principais clientes;
  • Quais os principais produtos e/ou serviços;
  • Onde será localizada a empresa;
  • Qual será o faturamento mensal;
  • O montante de capital a ser investido;
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne.

Passo 2: Escolha peças de qualidade

O mercado de bijuterias é bastante concorrido e, como já é fácil imaginar, cheio de opções de peças diferentes para vender. Sendo assim, quanto mais inovador você for, melhor!

A dica é ficar sempre de olho nas novidades que vão chegando ao mercado e, a partir disso, criar um mix de acessórios que são mais difíceis de achar na concorrência e que deixem qualquer pessoa com vontade de comprar.

Além de atraentes, as bijuterias também precisam ser de qualidade, para não ter problemas futuros com trocas ou, pior que isso, reclamações que possam resultar na má reputação da sua loja. Afinal, de nada adianta ter uma loja linda e bem planejada que venda peças de péssima qualidade, concorda?

Passo 3: Procure o melhor ponto para a loja

como abrir uma loja de bijuterias

Essa dica é primordial para qualquer pessoas que queira saber como abrir uma loja de bijuterias promissora. A localização do seu negócio vai fazer toda a diferença nos lucros com as vendas dessas peças.

Portanto, na hora de visitar e escolher o melhor ponto para montar a sua loja, leve em conta alguns fatores, como é o caso do público-alvo. De acordo com o perfil que você traçou no plano de negócio, tais como hábitos de consumo e faixa de renda das pessoas, procure escolher uma região em que elas estão presentes.

Além disso, a localização ideal para abrir uma loja de bijuterias é em um ponto com grande movimentação de pessoas, que oferece uma boa visão do seu estabelecimento e, é claro, de fácil acesso para os clientes.

Por exemplo, podemos citar as galerias, centros comerciais, ruas ou avenidas com grande fluxo de pessoas, pontos próximos à estações de metrô e paradas de ônibus, etc.

Passo 5: Pense na estrutura e equipamentos da loja

Normalmente, a estrutura de uma loja de bijuterias é bem simples. No entanto, ela deve variar de acordo com o gosto do dono, podendo ser menor ou maior. Independente do tamanho do negócio, o mais importante é que a loja seja bem limpa e organizada.

Acertar na decoração é um ponto chave para fazer boas vendas, já que transmite conforto e atrair mais olhares. Afinal, estamos falando de um nicho de modas, certo?

Além disso, os produtos devem ficar bem expostos e precificados para atrair a clientela. De modo geral, a estrutura ao abrir uma loja de bijuterias é a seguinte:

  • Salão (área de exposição dos produtos para o cliente);
  • Depósito;
  • Balcão de atendimento e caixa;
  • Sanitário e copa (quando possível).

Já entre os equipamentos, você deverá estar munido sempre de:

  • Colares;
  • Pulseiras;
  • Anéis;
  • Presilhas de cabelo;
  • Assentos;
  • Espelho;
  • Móveis;
  • Embalagens;
  • Sacolas;
  • Computador;
  • Impressora;
  • Telefone;
  • Máquina de cartão.

Passo 6: Equipe

como abrir uma loja de bijuterias

Obviamente, quem está começando um negócio do zero vai abrir uma loja de bijuterias pequena, o que quer dizer que apenas um funcionário será o suficiente para te ajudar a vender e exercer as demais atividades da empresa.

No entanto, se você quer arriscar mais alto e abrir uma loja maior e instalada em uma região de grande movimentação, que pode receber uma maior quantidade de clientes, pode precisar contratar mais colaboradores.

Neste caso, além de uma pessoa para ficar fixo no caixa/balcão, há a necessidade de ter também mais vendedores para dar suporte aos clientes, uma para auxiliar na limpeza do ambiente e, futuramente, um gerente para ajudar na gestão do negócio (inicialmente, até você mesmo pode ocupar esse cargo).

Tanto no caso de equipes menores ou maiores, o mais importante é que elas sejam bem treinadas e que visem sempre o melhor atendimento ao cliente. Assim, você conseguirá muito mais vendas!

Passo 7: Procure bons fornecedores

É impossível falar sobre como abrir uma loja de bijuterias sem falar em fornecedores. Afinal, nem todo mundo fabrica as próprias peças para vender.

Sendo assim, a alternativa é comprar de fabricantes que oferecem produtos para revenda no atacado. Assim, o custo de investimento fica mais baixo e, consequentemente, a rentabilidade maior.

Por isso, a dica é procurar por bons fornecedores que vendam peças de ótima qualidade, inovadoras e variadas, a preços justos e, principalmente, que cumpram o acordo estabelecido entre vocês, seja em relação à qualidade do serviço, facilidade de pagamento, além do prazo de entrega também, obviamente.

Passo 8: Divulgue a loja

como abrir uma loja de bijuterias

Todo empreendimento precisa de divulgação para obter sucesso e, principalmente, muito lucro. Afinal, como já diz o ditado, “quem não é visto não é lembrado”. E você pode divulgar a sua loja de bijuterias de várias formas possíveis, desde que alcance realmente o seu público-alvo e tenha a ver com os hábitos de compras das pessoas na localização da sua loja.

Um dos meios tradicionais é a panfletagem, que tem baixo custo e traz bons resultados. Mas, com a mudança de comportamento do consumidor hoje em dia, que passou a comprar mais de forma online, o mais importante é divulgar a sua loja de bijuterias na internet, seja em redes sociais, como Facebook e Instagram, blogs, canais no YouTube de influenciadores digitais, etc.

Para fazer uma divulgação diferenciada, a dica é anunciar as peças em revistas de moda e atrair a atenção de assinantes ou, ainda, enviar malas-diretas com novidades aos seus clientes periodicamente, de acordo com o perfil de cada um.

Além disso, para quem gostou do método de divulgação em revistas de moda, outra ideia é emprestar algumas bijuterias para produção de reportagens, onde o nome da loja e, quem sabe, até o número de telefone, poderão ser colocados ao lado das fotos. Esta é uma maneira alternativa de mostrar os produtos ao mercado fashion sem gastar muito.

Passo 9: Faça promoções

Quando falamos em ser inovador ao abrir uma loja de bijuterias, isto significa investir em promoções para atrair o seu público-alvo, ainda mais no início do negócio, que é quando você precisa mostrar ao mundo que entrou no mercado.

Você pode fazer isso oferecendo desconto em compras a partir de determinado valor, um cartão fidelidade ou, ainda, brindes para todos os clientes que comprarem na loja (algo que seja simples e barato, mas de muito bom gosto). Tudo isso poderá atrair a clientela e fazer você ficar conhecido e, consequentemente, ganhar muito dinheiro.

Passo 10: Invista

como abrir uma loja de bijuterias

O investimento inicial para abrir uma loja de bijuterias deverá constar no plano de negócios, como nós falamos nos primeiros passos desse artigo sobre como abrir uma loja de bijuterias. E muitos empreendedores se perguntam qual é a faixa de valor para começar nesse ramo.

Segundo o SEBRAE, para abrir uma loja de bijuterias de 20 m² (relativamente pequena) e com equipamentos básicos, o investimento inicial total previsto é de R$ 56.500. Esse valor é distribuído entre o aluguel da loja (R$ 2.500), a reforma do local (R$ 15 mil), móveis (R$ 15 mil), sacolas e embalagens (R$ 2.500), divulgação (R$ 2 mil), capital de giro (R$ 10 mil), telefone, impressora e microcomputador (R$ 2.500) e estoque inicial (R$ 7 mil).

No entanto, o valor de investimento inicial vai variar de negócio para negócio, dependendo do tamanho da loja, localização, equipamentos, entre outros fatores. Por isso, mais uma vez, ressaltamos a importância de elaborar o plano de negócio antes de abrir a loja de bijuterias, para conseguir dar os próximos passos com mais segurança.

Gostou de aprender como abrir uma loja de bijuterias? Compartilhe esse artigo com um amigo empreendedor!

Até a próxima!

Deixe seu Comentário