Ideias de Negócios

Como abrir uma microempresa?

Como abrir uma microempresa?

Formalizar o próprio negócio muitas vezes pode parecer uma tarefa difícil, a pessoa fica sem saber por onde começar, quais documentos são necessários, etc. Para que você inicie a sua jornada com o pé direito, reunimos algumas informações importantíssimas para você seguir. Veja a seguir como abrir uma microempresa e não perca tempo, abra a sua agora mesmo!

Para que um microempreendedor comece as suas atividades de maneira correta no Brasil é importantíssimo tomar algumas providências necessárias. Isso inclui registros na subprefeitura, Receita Federal e até Previdência Social. Em alguns casos é necessário até fazer a inscrição nas entidades de classe e outros órgãos competentes.

Podem existir algumas variações de acordo com as leis vigentes no estado. Mas basicamente você poderá seguir os passos de como abrir uma microempresa que vamos te ensinar aqui.

Contratar um contador é necessário?

O Contador é um dos profissionais mais importantes para quem quer aprender como abrir uma microempresa. É ele quem vai orientar todos os passos que você deverá dar nesse processo de abertura. Então contratar um profissional desses é importante e fundamental. Portanto, a contratação deve ocorrer desde o início da abertura da empresa.

Quais são os gastos na abertura de uma empresa?

Os gastos com a abertura de uma empresa, logicamente vão variar de acordo com o tamanho e porte que ela possui.

Isso significa que existem gastos que vão desde R$ 30,00 até R$ 200,00 dependendo da empresa. Normalmente os custos iniciais são o aluguel, telefone, conta de luz, água, impostos, honorários do profissional contador, salário de funcionário se tiver.

Pode ser que surjam outros gastos nesse início de abertura, tudo vai depender do investimento e o que se quer de retorno.

Que tributos devem ser pagos?

Toda Microempresa é enquadrada naturalmente no sistema do Simples Nacional. Isso significa que o recolhimento de todos os impostos, contribuições e tributos é feito de maneira simplificada. A alíquota cobrada varia de acordo com a receita bruta, isso pode ser entre 4% até 17,42%.

Os impostos pagos são diferentes entre uma indústria, uma ME de serviços e um comércio. A indústria paga para o governo o IPI, o comércio para o ICMS e a de serviço paga o ISS.

Conheça alguns tipos a seguir de formalizações existentes

EIRELI ou Empresa de Responsabilidade Limitada

Qualquer pessoa física que não tenha sócios e queira exercer uma atividade econômica, poderá abrir uma Eireli. Caso o empresário acumule dívidas na empresa, o seu patrimônio não será usado para pagar essas contas. Isso significa que ocorre uma separação dos seus bens pessoais dos seus bens empresariais.

Para quem está aprendendo como abrir uma microempresa, a Eireli exige no mínimo o investimento de 100 salários mínimos para a abertura.

Como abrir uma microempresa?

Empresário individual

A diferença dessa modalidade para a Eireli é que os bens pessoais serão utilizados para o pagamento de dívidas da empresa. O contrário também é verdadeiro, caso existam dívidas pessoais, o patrimônio empresarial poderá ser usado para a quitação das mesmas com os credores.

Se o empresário for casado, os bens do seu cônjuge serão usados para a quitação das dívidas da empresa. Nesse caso, é obrigatório o casamento sob o regime de comunhão de bens.

O prazo para abertura também vai variar de acordo com a opção escolhida e os trâmites legais de cada estado. Fazer uma consulta na Junta Comercial do seu estado é recomendável, pois eles poderão informar mais precisamente o tempo de abertura.

A duração média pode variar entre 5 a 15 dias depois que a entrada de documentos for feita para a abertura da empresa.

Quem não possuir essa entrada pode ter uma duração maior entre 15 a 30 dias para a abertura ocorrer.

Sociedade limitada

Para essa opção será necessário possuir pelo menos um sócio. Nesse caso, se ocorrerem dívidas, os sócios é que devem responder civilmente e com os seus bens pessoais. É fácil de entender, se numa sociedade, cada um for responsável por 50% da sociedade, se existir a dívida ela deverá ser dividida meio a meio.

Que tipos de benefícios existe depois da formalização da empresa?

Não é apenas o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica ou CNPJ que o empresário adquire depois de aprender como abrir uma microempresa. Existem alguns direitos importantes e que são fundamentais. Conheça alguns deles:

  • Aposentadoria;
  • Auxílio doença e maternidade;

Além desses benefícios, o empresário formalizado pode contar com facilidades que vão contribuir muito para o funcionamento da sua empresa. Poder abrir conta em banco e pedir empréstimos, comprar máquinas de cartão, contratar mão de obra, fazer emissão de nota fiscal, além de poder negociar com o poder público. Participar de licitações é um exemplo dessa negociação.

6 Passos de como abrir uma microempresa

Para que um novo negócio seja aberto é necessário seguir alguns passos bem importantes, além de habilidades e conhecimentos específicos sobre determinados assuntos.

Entender o mercado, o público que você quer vender e ter planejamento de todas as etapas é fundamental para o sucesso do seu negócio.

Siga esse roteiro e veja como abrir uma microempresa facilmente

Esse roteiro a seguir vai te ajudar a abrir sua empresa facilmente ou pelo menos te dar a orientação necessária para a abertura.

Veja:

1 – Tenha a certeza do seu negócio

Para abrir uma microempresa é necessário ter algumas informações bem claras, como o tipo de negócio por exemplo, quanto dinheiro precisa ser investido entre outros detalhes importantes.

Tenha a certeza que tipo de negócio quer ter para ganhar seu dinheiro.

2 – Você realmente é um empreendedor?

Para que o seu negócio caminhe e seja próspero é muito importante que você tenha um perfil voltado para o empreendedorismo.

Portanto, faça um exercício de reflexão e veja se realmente você ocupa esse perfil.

3 – Pesquise e reúna todas as informações necessárias sobre o seu negócio

Você vai precisar coletar algumas informações importantíssimas para a abertura do seu negócio. A partir dessas informações é possível captar recursos consistentes para o investimento inicial.

Esses dados são:

  • Finanças;
  • Mercado;
  • Localização do empreendimento.

4 – Organize as suas informações

Nessa etapa é muito importante que você organize todas as informações que coletou sobre a sua empresa.

Sendo assim fica mais fácil posicionar e fazer a estratégia adequada para a sua empresa.

5 – Analise as maneiras que você pode obter o seu crédito

Saber gerir o seu dinheiro é muito importante nesse processo de abertura e também de crescimento da sua empresa.

Existem cursos voltados para o empresário que quer expandir os seus negócios.

Agora que você aprendeu como abrir uma microempresa não perca mais tempo, reúna tudo o que for necessário e mãos a obra.

Deixe seu Comentário