Ideias de Negócios

Como montar uma pizzaria

Como montar uma pizzaria

Se tem um tipo de comida que faz sucesso com todas as pessoas, ou pelo menos quase todas, e que só de falar o nome já dá água na boca de muita gente, esta comida é a pizza. A pizza definitivamente é uma boa opção para todas as horas, ocasiões e eventos. Seja um aniversário, uma festa da turma da faculdade ou do colégio, ou até mesmo uma reunião da empresa – pode pedir uma pizza porque é sucesso garantido!

Além disso, montar uma pizzaria é sempre uma boa oportunidade para quem quer começar a empreender no meio do ramo gastronômico. Praticamente toda cidade, seja ela um grande polo comercial ou do interior de um estado rural, possui uma pizzaria que, em algum momento da semana, acaba ficando lotada e reunindo uma quantidade considerável de pessoas, que vão desde famílias à um grupo de adolescentes.

Sendo assim, saiba agora como montar uma pizzaria de sucesso:

Como montar uma pizzaria

Embora possa parecer uma tarefa fácil, montar uma pizzaria definitivamente exige muito esforço e estudo por parte do empreendedor – assim como a grande maioria dos empreendimentos. São centenas de sabores possíveis para se preparar que vão desde os que possuem mais vegetais até aqueles que são trabalhados com diferentes tipos de carne. Para ter uma pizzaria não basta somente saber empreender, precisa saber, ou ter alguém que saiba, cozinhar muito bem.

Plano de negócios para pizzaria

Abrir uma nova pizzaria é, querendo ou não, abrir um novo empreendimento que disputa com diversos outros no mercado. Para se destacar você precisa, então, de um modelo de negócios ideal que seja adequado para a sua situação. É com o modelo de negócio que você acabará definindo o seu público alvo, os fornecedores do seu produto, a variedade de sabor de seu produto e o que fará com que ele se diferencie dos demais da região.

Qual tipo de pizzaria eu posso abrir?

Assim como quase todos os empreendimentos do meio gastronômico, é possível adotar mais de um tipo de serviço de entrega do alimento. Para uma pizzaria, basicamente se resumem em quatro os tipos de serviço que podem ser oferecidos. São eles:

  • A La Carte: serviço em que cliente escolhe a pizza desejada a partir do cardápio que lhe é sugerido e entregue;
  • Rodízio: serviço o qual tem um preço fixo, ou que pode variar conforme os dias da semana, e que apresenta uma gama maior de sabores – levando em consideração também que, neste tipo de serviço, a pizza costuma ser mais fina do que a comum;
  • Fast Food: modelo americano em que se comercializa apenas pedaços de pizza maiores para consumo – e não uma caixa de pizza, por exemplo;
  • Delivery: modelo em que, basicamente, se entrega a pizza na casa do cliente, não contando necessariamente com um espaço físico para consumo.

Lembrando que cada um destes modelos tem as suas próprias categorias e métodos de venda, podendo ser mais eficazes em alguns lugares e menos em outros – tudo depende, e muito, do seu plano de negócio. Além disso, nada impede que você trabalhe com mais de um destes tipos de serviços. Por exemplo: você pode abrir uma pizzaria a qual serve pizzas a la carte, ao mesmo tempo em que pode servir rodízios e, até mesmo, realizar uma entrega delivery – algo bem comum entre as pizzarias brasileiras.

No que investir?

Está definitivamente é a parte que mais irá mexer no bolso do empreendedor que busca abrir uma pizzaria. Isto porque, para fazer uma pizza boa e de extrema qualidade, é mais do que importante que se tenha equipamentos a altura do que você quer produzir. Não só equipamentos básicos do ramo gastronômico, como pratos, talheres, freezers e geladeiras, mas, neste caso em específico, outros tantos.

Sendo assim, para ter uma boa pizzaria você deve investir em: uma boa máquina para o preparo da massa, uma boa máquina de rolamento e, por último, um bom cortador de fios. Estes itens podem até abalar um pouco o seu bolso, mas são essenciais para que sua pizza não seja apenas mais uma do mercado.

Fornecedor

Apesar de ser imprescindível ter um bom cozinheiro para que seja preparada uma boa pizza, um dos fatores mais importantes para que ela seja de qualidade são os ingredientes. Não há como fazer uma boa pizza sem ingredientes de qualidade. Para isto, saiba quem é o seu fornecedor e a qualidade do produto que ele está lhe fornecendo.

Destaque para a farinha e o queijo, dois ingredientes necessários e indispensáveis em, basicamente, qualquer pizza.

Divulgação, Atendimento e Espaço

Como já havia dito no início do texto, não é nada difícil encontrar uma pizzaria, seja ela em uma cidade do interior ou uma grande metrópole. Sendo assim, além da qualidade do sabor, é preciso aprender a realizar uma boa divulgação do seu empreendimento, trabalhando com um bom plano de marketing que venha a impulsionar as suas vendas.

Use e abuse de redes sociais para divulgar o melhor do seu empreendimento – mas cuidado para não fazer do seu feed do Instagram ou do Facebook um grande e enorme cardápio, com fotos repetitivas para anúncio de preços. Diferente disso, use das mídias sociais para postar boas fotos de sua pizza e produzir um conteúdo que venha a despertar o interesse no cliente.

Outro fator importantíssimo para que a sua pizzaria seja bem-sucedida, é o atendimento. Um bom atendimento faz com que o seu cliente olhe com mais carinho para a sua pizzaria. Faça ele se sentir como se estivesse em casa, entenda as suas reclamações e peça um feedback do mesmo, buscando sempre melhorar em cima de seus comentários. Trate bem o cliente e ele, definitivamente, terá um motivo a mais para voltar à sua pizzaria.

Outro fator que pode influenciar nas vendas e na divulgação é a decoração do seu empreendimento. Aproveite o máximo possível para tornar a sua pizzaria um lugar agradável e atrativo ao público, fazendo com que ele se destaque no meio de tantas outras pizzarias. Crie uma identidade para o seu local, faça um espaço “instagramável” para que o cliente possa tirar fotos e, de forma gratuita e orgânica, divulgar o seu empreendimento.

Deixe seu Comentário