Curiosidades

Tudo sobre controle de estoque: veja aqui!

Tudo sobre controle de estoque

Você anda com problemas de controle de estoque? Este post é o que precisa para acabar com a sua dor de cabeça. Vamos explicar direitinho o que é controle de estoque, os tipos existentes e, principalmente, passar dicas, soluções, de como organizar o seu.

Problemas no controle de estoque

Entrou o dinheiro no caixa, chegou à mensagem por e-mail, no celular, no aplicativo, de mais um pedido realizado.

Beleza!

As vendas estão acontecendo. Entretanto, você vai pegar o produto para enviar ao cliente e… cadê o produto?

Já era, foi tudinho.

Isso é bom e ruim.

Bom, porque os produtos estão saindo. Mal, pois terá de fazer um pedido para o fornecedor enviar mais produtos, ou você mesmo arregaçar as mangas para produzir um.

Isso certamente demandará tempo, tempo maior do que o informado para o comprador, que certamente se queixará pelo atraso. Quando isso começa ocorrer com frequência, não é nada legal para reputação do negócio. E isso ocorre por falta de controle de estoque, de um bom gerenciamento.

Chega o final do ano, a Copa do Mundo, a páscoa, enfim, qualquer evento que represente pico de vendas para o seu segmento. Contudo, passado a primeira semana, seu estoque está vazio, os pedidos acumulando, os atrasos também e as reclamações nem se fala.

Novamente, problema de controle de estoque.

Mais: produtos começam a ficar em falta e você tem quase certeza que não foram vendidos. Roubo? Desvio de carga? Quebra de material?

Todos esses problemas podem ser evitados com um bom controle de estoque.

O que é um controle de estoque?

Começando pelo básico, o controle de estoque é a gestão dos itens comercializados por uma empresa, um negócio. É o registro de entrada e saída de produtos para que o gestor tenha ciência da oferta ainda à disposição para comercializar. Com esses dados, pode fazer melhor o seu planejamento.

O trabalho de controle de estoque possibilita que o departamento de vendas verifique, por exemplo, os períodos de vendas mais altas e mais fracas, qual produto está obtendo grande saída ou que está ficando encalhado. Essas observações são úteis para fazer o planejamento de aquisição de produtos ou de investimento de produção, de modo a reduzir o máximo possível os custos e maximizar os ganhos.

Há dois tipos de controle de estoque:

  • Estoque de matéria primas: é o estoque relacionado a empresas do ramo industrial que desenvolvem os produtos finais a serem comercializados utilizando as matérias primas estocadas. Nesse tipo de estoque é fundamental a categorização das matérias primas, seja por cores, tamanhos, espessura etc;
  • Estoque de produtos para o varejo: se trata de estocar os produtos já prontos para comercialização no varejo. É fundamental o controle da quantidade de mercadorias disponíveis para fornecer o melhor atendimento possível, reduzir custos e aumentar ganhos.

Tudo sobre controle de estoque

Os benefícios do controle de estoque

São vários os benefícios que um bom controle de estoque pode proporcionar para um negócio.

Espaço = mais vendas. Organização = agilidade

A vantagem imediata de se fazer um controle de estoque é que provavelmente a separação de produtos e armazenagem em locais específicos propiciará mais espaço no setor. Esses espaços podem ser aproveitados para se colocar outros produtos e aumentar a capacidade de venda em um único pedido.

Outra vantagem do controle de estoque é que a organização natural resultante desse trabalho dá condições para se encontrar os produtos requisitados com maior agilidade. Dinâmica que refletirá na qualidade do atendimento.

Eficiência e produtividade

Para organizar um estoque, certamente será necessária a utilização de recursos de informática. Não faz mais sentido utilizar técnicas rudimentares de organização, como caneta e papel. O uso do digital torna o controle de estoque bem mais eficiente e dispensa o uso de muita mão de obra.

Controle das compras

Um controle eficiente do estoque auxilia decisivamente o setor de compras. Este departamento fica ciente do momento exato para repor as mercadorias e quanto deverá investir para assegurar o abastecimento. Tal controle propicia compras na medida adequada, evitando o acúmulo de produtos no estoque.

Ajuda estrategicamente o setor de vendas

Assim como auxilia o setor de compras, o controle de estoque colabora para o setor de vendas ao fornecer informações valiosas. Como, por exemplo, as épocas de maiores saídas dos produtos, as mercadorias que estão vendendo mais, as que não estão tendo saída. Analisar a movimentação do estoque diz muito se o planejamento, se as estratégias executadas estão dando o resultado esperado ou não.

Como fazer o controle de estoque?

Ok, explicamos o que significa o controle de estoque e as suas vantagens, mas como fazer uma boa gestão do estoque? Veja as nossas dicas a seguir.

Controle físico e digital

A sua primeira tarefa para organizar o estoque é registrar a entrada dos produtos e organizá-los de modo que seja fácil localizá-los.

A melhor prática para fazer o registro é utilizar recursos de informática, mesmo que seja a boa e velha planilha, o Excel. Contudo, sem dúvida, o mais recomendado é utilizar um ERP.

“ERP” é a sigla de Enterprise Resource Planning que significa “Sistema de Gestão Empresarial”. É um software que automatiza processos, integra vários setores de uma empresa armazenando dados sobre cada setor os quais podem ser consultados por todos que tenham acesso ao sistema. O ERP tem a capacidade de gerar relatórios e inventários sobre as atividades de cada departamento.

No caso do estoque, fornece todas as informações relacionadas a produtos ou matérias primas em poucos cliques ou comandos. Basta fornecer os dados necessários de entrada e saída para que o sistema atualize automaticamente os números sobre as mercadorias depositadas no estoque.

Esse programa auxilia enormemente o controle, torna a gestão mais prática e diminui as ocorrências de erro. Sem dúvida é um investimento seguro investir em um bom programa ERP.

Depois do registro, é preciso organizar fisicamente o material. Alguns sistemas úteis de organização física: separar os produtos por ordem alfabética, numérica ou até de tamanho. Deixe todos os produtos devidamente identificados no estoque.

Planeje levando em conta os prazos de entrega

Muitos gestores fazem o planejamento do estoque sem considerar os prazos de entrega para ter a mercadoria em mãos. Isso é um erro. Faça um planejamento de modo a ter uma boa antecedência a conclusão da montagem do estoque em relação ao período de pico de venda mesmo com os fornecedores entregando os produtos nos prazos limites.

Faça um inventário

Cadastrar os produtos em um sistema informatizado sem dúvida é uma forma de controle sobre a entrada e saída das mercadorias, no entanto outra boa prática é fazer um inventário do estoque. Somar o valor de todos os produtos armazenados e calcular o montante. Número diferente com a saída do estoque pode indicar que algo não está saindo como deveria.

Contrate uma consultoria

Caso não tenha mão de obra, tempo ou não entenda como operar com os programas informatizados, uma solução é contratar uma consultoria especializada na gestão desse setor.

Gostou deste conteúdo sobre controle de estoque? Então curta, compartilhe, avalie. Seu apoio faz a diferença.

Deixe seu Comentário