Curiosidades

Curva ABC: o que é, como funciona e para que serve?

Curva ABC

Você sabe o que é a curva ABC? Se não, você descobre hoje mesmo o que significa essa questão. Mas se você já conhece e ainda tem algumas dúvidas, essa é sua chance de esclarecer tudo.

Afinal, não apenas de imposto SEFAZ, divulgação, compra e venda que se faz um empreendedor. Um bom empreendedor tem conhecimento de todas as áreas de seu negócio. Além disso, ele também faz questão de acompanhar todas as novidades do mercado.

Seja do mercado financeiro, seja do marketing, um bom empreendedor sempre está melhorando o seu lado criativo e inovador. Para tanto, conhecer a curva ABC é essencial para não ficar desatualizado de nenhuma maneira.

Logo, não perca a oportunidade e conheça hoje mesmo o que é essa questão e o que significa! A leitura será muito proveitosa e bem rapidinha.

O que é a curva ABC?

A primeiro momento, curva ABC parece só um nome bobo e simples para algo insignificante, certo? Mas você não poderia estar mais errado se considera a questão pouco importante. Isso porque a curva ABC tem papel fundamental na vida de um empreendedor dedicado e que deseja sempre melhorar a sua performance no mercado.

Afinal, é sempre através dessa melhora, da atualização dos conhecimentos, que ele consegue inovar. Assim sendo, significa que essa pessoa consegue acompanhar melhor o mercado e oferecer sempre o melhor produto ou serviço. Mesmo que não precise de muita divulgação.

Mas afinal de contas o que é exatamente a curva ABC? Essa curva é muito importante para organizar o estoque do seu comércio. Logo, é a técnica mais eficaz e conhecida no mundo para manter um controle equilibrado.

Através de seu uso você consegue entender a entrada e saída do seu estoque sem prejuízos. Dessa maneira, você não perde as contas e não deixa nada de errado passar. Manter a curva ABC sempre atualizada e bem trabalhada faz a diferença no final de cada mês ao rever o estoque.

A principal finalidade dessa curva é classificar os produtos para conseguir separá-los. Você pode separar por custo, por venda, pelo preço de custo ou pelo preço de venda. O que importa é que você separe os produtos em categorias a fim de deixar melhor a organização do seu estoque.

Somente dessa forma você pode garantir que nenhum (ou quase nenhum) erro será cometido. Isso tudo deixa o seu fluxo de caixa melhor e mais organizado.

Curva ABC

Por que utilizar dessa técnica?

Além do fato de deixar o caixa mais organizado e diminuir as chances de erros, há ainda outros motivos para utilizar a técnica. A curva ABC é ótima para que você consiga manter o controle de tudo que entra e sai no seu comércio.

Além disso, ela é essencial para compreender a demanda de seus produtos. Isso também acaba por afetar a área do marketing e da divulgação. Afinal, se pouco produto está saindo de uma categoria e muito produto de outra, há um problema nessa questão.

Pode ser que o público alvo não tenha sido atingido da forma adequada. Dessa maneira, a curva ABC te ajuda, também, a entender as áreas que precisam de auxílio.

Com essa técnica você também consegue entender o que é prioridade para seus clientes e organizar o financeiro. Ao optar por organizar as categorias da curva ABC pelo preço de custo, você compreende melhor o que está gastando fixamente.

Assim, você evita rombos financeiros e prejuízos enormes por falta de atenção. O controle do estoque é essencial para qualquer empreendedor que queira fazer sucesso.

Por fim, é importante entender que a curva ABC também te deixa atento para o prazo de validade dos produtos. Portanto, as categorias bem organizadas ainda podem evitar que você perca dinheiro. Isso tudo é muito positivo para que você não compreenda e aplique a técnica no seu negócio.

Como utilizar a curva ABC?

Para se utilizar com perfeição da técnica da curva ABC, você precisa ter tempo e pensar a respeito do seu comércio. Assim sendo, você precisa entender o volume de estoque e faturamento dos produtos para que a curva funcione perfeitamente.

Assim que separar e categorizar, você perceberá os itens com maior relevância. Logo, você compreende de onde vem a maior parte do seu faturamento e como investir melhor nessa parte. Ou, então, você pode tentar investir melhor em outras partes da curva para melhorar.

No entanto, é bem fácil organizar a curva e quase não há segredos para se entender a técnica. O que importa realmente é que você se comprometa a sempre atualizar a curva ABC para que nenhuma informação fique de fora.

Esse balanço geral te auxilia no fim de cada mês a compreender o seu faturamento e seu investimento. Dessa maneira, você pode até repensar os seus investimentos a partir do entendimento a longo prazo a respeito da curva.

O ponto A

O ponto A da curva ABC é onde ficam os produtos mais relevantes e com maior faturamento. Nessa parte do seu planejamento, você deixará apenas os produtos que precisam de maior atenção no seu comércio.

Assim sendo, você faz um cronograma de 80/20. Logo, 20% dos seus produtos devem corresponder necessariamente a 80% das duas vendas.

Esse ponto é importante para que você compreenda como as suas vendas estão caminhando. Se os produtos que antes compunham esses 80% sofrerem uma queda drástica, algo precisa mudar.

O ponto B

No ponto B, por outro lado, ficam os produtos de importância mediana. São aqueles que ficam bem estabilizados e entram e saem com uma frequência equivalente. Assim sendo, são aqueles produtos que não são exatamente um risco, mas representam uma certa segurança ao seu comércio.

É sempre bom continuar investindo nos produtos do ponto B e trabalhar em seu estoque. Afinal, em algum mês em que o ponto A da curva ABC sofrer uma queda, os produtos do ponto B podem compensar.

Nessa parte da curva, o esquema é de 30/15. Isto é, 30% dos produtos que correspondem a 15% do seu faturamento total.

O ponto C

Por último, mas não menos importante, fica o ponto C. Nesse ponto da curva, você deixa os produtos com menor importância e com menos saída. Afinal, são aqueles produtos que saem com pouca frequência, mas que é bom manter um pequeno estoque para garantir a venda.

Nesse ponto da curva ABC você deve selecionar 50% de todos os seus produtos que juntos equivalem a 5% do seu faturamento total.

Deixe seu Comentário