Contabilidade

Empréstimo para MEI: veja como funciona?

Empréstimo para MEI

O MEI teve início em 2019 com o intuito de facilitar a regularização do microempreendedor individual, ou seja, pessoas que trabalham de forma autônoma. O empréstimo para MEI é uma das formas de fomento para que estas pessoas possam ampliar os seus negócios, ao mesmo tempo que estão de acordo com as legislações e taxações da Receita Federal.

Podemos considerar microempreendedores os profissionais com rendimentos anuais de até R$81.000,00 reais. Esse programa governamental ajudou a muitos profissionais autônomos a saírem da informalidade. E isso traz diversas vantagens para o empreendedor como possibilidades de créditos, empréstimos e outros recursos.

A partir disso, a procura por regularização das atividades desses profissionais ganhou volume. O Cadastro no MEI pode ser feito na internet. É rápido, basta preencher formulários na página para dar origem ao seu CNPJ.

Depois, é preciso abrir uma conta para a empresa no banco, emitir notas fiscais e realizar declarações de imposto de renda. Esse processo faz muita diferença na hora de conseguir empréstimos e crédito para expandir o seu microempreendimento.

Regras para ter o MEI

Para que você se enquadre no MEI você não pode ter participação em outras empresas, deve ser proprietário apenas do micro empreendimento e seus ganhos não podem exceder o valor estipulado anualmente. è preciso pagar um valor fixo mensal bem acessível. O tipo de trabalho e estabelecimento varia, desde ter o seu próprio negócio em sua residência ou trabalhar na rua, sem endereço físico.

Caso necessário você pode cancelar o MEI, e isso pode ser mais difícil. A maior parte do processo também é feita pela internet, sendo os principais motivos para fechamento do MEI a mudança de atividade ou fechamento do empreendimento, ou ainda a expansão dos negócios para além de microempreendedorismo. Para cancelamento, após preenchimento dos dados, o que deverá gerar um certificado confirmando a solicitação de cancelamento.

Outros benefícios do MEI

Como os programas de regularização de empresas do governo visam também garantir os direitos dos profissionais, o microempreendedor ganha alguns benefícios com o MEI. Um deles é o auxílio maternidade,  para mulheres que estão em atividade no mercado e não possuem amparos de carteira assinada, sendo profissionais autônomas, bem como auxílio doença para todos os profissionais e também garante a aposentadoria.

Motivos para ter o MEI

Os comércios, indústrias e demais atividades que movimentam a economia, podendo ser pessoas físicas ou jurídicas, precisam realizar as declarações de imposto de renda. Esses processo normalmente são burocráticos, o que demanda o auxílio de assessoria de contabilidade. Entretanto, o enquadramento correto nos programas de regularização de empresas do Governo, como o MEI, são muito importantes para que sejam taxados corretamente os impostos.

Para isso é preciso que a empresa se encaixe no perfil do MEI. ALém das taxações serem menores, é mais fácil de retirar o MEI. Desta maneira o microempreendedor recebe subsídios para aumentar os seus ganhos. Além disso, caso o profissional autônomo necessite, ele tem acesso aos seguros da previdência, como recursos em caso de doenças e impossibilidade de trabalhar. Bem como, aumenta a sua perspectiva para uma aposentadoria melhor.

Além disso, o profissional fica de acordo com as legislações brasileiras a respeito de empreender no país. Isso é muito importante para que o empresário não venha a sofrer com processos por irregularidades e acabe até mesmo prejudicando a evolução e expansão dos seus negócios. Nessas perspectivas podemos inferir que o acesso ao MEI é um meio prático, fácil e mais seguro para dar início a sua prestação de serviços ou comércio, entre outros, e garantir seus direitos.De ACordo com os benefícios, há regras que garantem que o MEI tenha 13º salário, veja mais aqui!

Empréstimo para MEI

Como são os empréstimo para MEI

Os Empréstimos para Microempreendedor Individual podem ser valores bem altos e sem juros. Isso porque o programa governamental para o microempreendedor visa impulsionar o desenvolvimento e crescimento de sua empresa. Desta forma os créditos e empréstimos voltados para eles são mais acessíveis, possuem juros menores ou quase nada de juros.

Da mesma forma, o valor do empréstimo é proporcional ao faturamento da empresa, então podem não ser muito altos os valores disponibilizados para empréstimo quando comparados aos de grandes empresas. Contudo, isso traz diversas vantagens para o microempreendedor que necessita incrementar seu fluxo de caixa, ou ainda investir em ampliação de seus estabelecimentos e produtos.

Para quem são os empréstimo para MEI

O MEI é voltado para profissionais autônomos, que não possuem sócios. Desta forma os empréstimos são fundamentais para amparar os microempreendedores. Atualmente, o número de microempreendedores aumentou batendo um novo recorde. Assim como agências oferecem empréstimos com melhores condições para que aposentados possam planejar os seus gastos, essas agências vêem um grande potencial nas microempresas. Por este motivo, têm sido crescentes as ofertas de créditos sem juros para os profissional autônomo.

Você pode encontrar na internet ou em agências as mais variadas formas de empréstimos, além de escolher a forma como pretende pagar as parcelas. Os valores normalmente variam de 2 mil a 20 mil reais, dependendo do empreendimento. Entretanto, a empresa deve estar em dia com as declarações e pagamento das mensalidades do MEI para não haver complicações na hora de solicitar o empréstimo.

Motivos para  solicitar empréstimo para MEI

O empréstimo pode ser solicitado quando o microempreendedor precisa aumentar o capital de giro, para gerar mais ganhos. Também pode ser solicitado para outros investimentos como reformas, compra de veículos, tudo que facilite o desenvolvimento de sua atividade. Outro  motivo para solicitar empréstimo é investimento em capacitação profissional, o que pode aumentar a perspectiva dos negócios.

Portanto, os empréstimos para MEI geram facilidade para que a administração da empresa ganhe um impulso para seu crescimento. Contudo o empreendedor precisa realizar, antes de solicitar o empréstimo, o planejamento de como investir e de quando terá retorno do seu investimento.

Qualquer investimento precisa proporcionar rentabilidade em algum momento. No caso do empréstimo é mais importante ainda, porque o microempreendedor deve ter condições de pagar as parcelas para não entrar em inadimplência. Do mesmo modo é importante que o profissional escolha muito bem qual a melhor empresa para realizar empréstimo para MEI.

Deixe seu Comentário