Empreendedorismo

Faturamento de uma empresa: o que é e como calcular?

Faturamento de uma empresa

Para você que pensa em abrir o próprio negócio, a primeira coisa a pensar pode ser realizar sonhos, como independência financeira e até mesmo flexibilizar horários. Entretanto é preciso planejar toda sua estruturação, principalmente calcular qual o faturamento de uma empresa.

Afinal, essa etapa passe quase despercebida. Ou seja, é vital que você saiba como avaliar e acompanhar como anda sua margem de lucros e os custos embutidos na abertura do empreendimento.

Por certo, sabemos que sempre existem muitas dúvidas sobre atividades e as metas essenciais para seu sucesso empresarial. Para ajudar você no processo de avaliar qual o faturamento de uma empresa, acompanhe conosco o artigo a seguir e garanta mais informação para suas realizações pessoal e profissional.

O conceito de faturamento de uma empresa

Para quem planeja abrir o próprio negócio, ou ainda é novato no competitivo mundo dos negócios, é essencial aprender tanto a fase de cálculos quanto a de análise de conceitos. Até porque essas etapas são parte de qualquer rotina financeira empresarial. Ou seja, saber como administrar resultados é uma forma de garantir que o faturamento de uma empresa fique dentro dos planos.

Então, como você pode fazer essa soma? Primordialmente, o faturamento de uma empresa é a soma da venda dos serviços e produtos num determinado período. Em outras palavras, é todo o volume de dinheiro que está em caixa.

Entretanto, lembre-se de que nesta conta ainda entrarão cálculos como lucro bruto e lucro líquido. Isso porque é preciso eliminar pagamentos em relação comissões, dedução de vendas e impostos. Aliás, é bom salientar que um faturamento alto não significa bons lucros.

Enfim, isso quer dizer que o faturamento de uma empresa tende a subir numa certa época do ano pelas ações de marketing. Contudo, caso suas despesas tributárias e operacionais sejam também altas, o lucro final pode até permanecer no mesmo nível. Dessa forma, temos os seguintes conceitos:

Faturamento Bruto: para isso, multiplique o preço total das vendas de mercadorias, serviços e produtos pelo total vendido num certo período.

Faturamento líquido: semelhante ao faturamento bruto, mas subtraia impostos e deduções das vendas. Aliás, essa dedução corresponde a mercadorias devolvidas ou vendas canceladas.

Faturamento de uma empresa: margens de lucro

A partir das informações do tópico acima, você vai poder aprender a calcular melhor quais são as margens de lucro líquida e bruta. Até porque um dado relevante sobre a margem líquida é a presença de uma série de custos para que haja uma execução ideal de cada serviço. Por isso, tenha em mente que será preciso subtrair valores como:

  • Manutenção estrutural;
  • Água;
  • Internet;
  • Impostos sobre cada fatura;
  • Aluguel;
  • Encargos e tributação sobre folha de pagamento;
  • Luz;
  • Telefone;
  • Despesas com administração.

Em linhas gerais, o lucro líquido de qualquer produto ou serviço tem origem a partir do seu lucro do bruto. Contudo, ainda é preciso subtrair as despesas fixas, as variáveis e as principais tributações de uma empresa. Enfim, no caso da margem líquida, pegue esse valor e divida-o pelo custo total da sua receita.

Faturamento de uma empresa

Como fazer o faturamento de uma empresa aumentar?

Agora que você aprendeu mais sobre como calcular o faturamento de uma empresa, é agora de acompanhar algumas dicas para aumentar seus lucros. Em outras palavras, temos algumas dicas para você melhorar a lucratividade do seu negócio.

A localização ideal no faturamento de uma empresa

Em primeiro lugar, saber escolher um ponto comercial é uma decisão altamente estratégica para qualquer negócio. Para isso ter resultado, ainda é vital que você conheça qual o perfil do seu consumidor.

Assim, é possível saber qual o fluxo do seu público passa pelo e então saber se sua localização está adequada ao seu tipo de empreendimento. Só para ilustrar, saiba que o faturamento de uma empresa chega a ter limitações caso não esteja no ponto ideal.

Mantenha uma alta qualidade de atendimento

Outro ponto importante é que cada consumidor, sempre que entrar na sua empresa, seja muito bem atendido. Para isso, mantenha sua equipe de vendas com treinamentos constantes, comprometida com cada meta e objetivos da empresa e por dentro dos serviços e produtos a serem comercializados. Afinal, para oferecer os melhores serviços e produtos é preciso também ter vendedores eficientes.

A formação de preços no faturamento de uma empresa

Aqui, a dica é calcular de forma correta cada preço negociado. Até porque, para que não perder dinheiro, é preciso analisar cada custo variável e fixo. Tudo para que a venda seja justa ao consumidor e sua marca seja competitiva sem perder lucro.

Cuidados com o caixa da empresa

Em bom português, procure não fazer retiradas ocasionais do seu fluxo de caixa, ainda mais se for para uso pessoal. Nesse sentido, mantenha um pró-labore incluso nos custos fixos para ser o único valor a ir para seu bolso como remuneração.

Além do mais, o lucro líquido também pode ser reinvestido na empresa. Dessa forma, você consegue controlar melhor suas finanças e ainda mantém gastos pessoais na linha.

Aprenda a controlar as despesas operacionais

Como estratégia de gestão, procure fazer análises profundas sobre cada custo do negócio. Quer dizer que é preciso ver o que pode ser reduzido e até mesmo cortado sem que haja problemas tanto na satisfação do seu cliente quanto no desempenho geral do negócio.

Mantenha sempre um olho na sua concorrência

Além de ser importante encontrar diferenciais competitivos, você ainda precisa ficar de olho na sua concorrência.  Com isso, é possível aproveitar e aumentar cada oportunidade para vender mais. Aliás, seu consumidor precisa perceber que seus produtos, serviços e mercadorias estão sempre em melhores condições para fechar um negócio.

Ajuste suas políticas em relação ao crédito

Apesar de dificuldades econômicas existirem, é primordial que você venda sem perder clientes. Para isso, analise bem quais as melhores condições de pagamento par você deixar disponível. Dessa forma, é mais fácil decidir qual a melhor e mais segura política de crédito para sua empresa.

Enfim, saiba que, para melhorar o faturamento de uma empresa, é vital que você mantenha um rígido controle sobre sua carteira de clientes. Afinal, saber avaliar o nível de inadimplência também pode impactar nos seus resultados e lucros ao fim do mês.

Deixe seu Comentário