Empreendedorismo

Intraempreendedorismo: o que é e como funciona?

Intraempreendedorismo

O Intraempreendedorismo é, basicamente, a capacidade de um funcionário poder atuar e se sentir como dono do negócio onde trabalha, criando ideias dentro da organização e cooperando como se fosse legitimamente o dono.

Além disso, o Intraempreendedorismo está cada vez mais popular dentro das empresas e instituições, afinal, permite que os profissionais possam buscar novas alternativas e resoluções de problemas, para que a empresa tenha sempre um ótimo funcionamento.

Além disso, é uma prática extremamente benéfica para os colaboradores. Os profissionais que possuem esse perfil, geralmente, são mais valorizados dentro de uma corporação pois agrega valor ao trabalho desempenhado.

7 Características marcantes de um intraempreendedor

Como é uma função desempenhada pelos funcionários, as características desse profissional refletem nas atitudes para com a empresa. Quando o funcionário procura novidades, não tem medo de correr riscos, gera ideias e soluções e compartilha com os superiores, foca na melhoria da empresa e da equipe, além de muitas outras características, é quase certo afirmar que ele possui o perfil de um Intraempreendedor.

De qualquer forma, outras características marcantes nesse profissional, são:

  • Criatividade aguçada;
  • Autoconfiança;
  • Positividade;
  • Amor ao que faz;
  • Persistência;
  • Pés no chão;
  • Atento às novas ideias.

Logicamente, para que um funcionário possa praticar o Intraempreendedorismo, é necessário que ele tenha realmente o espírito empreendedor dentro de si. Afinal, muitos colaboradores possuem todas as características citadas acima, porém, acabam dando de cara com o medo e a zona de conforto na hora de agir.

É nessa hora que é possível visualizar perfeitamente se ele possui ou não o espírito do empreendedor. Afinal, um empreendedor não pode ter inseguranças e nem medo de correr riscos.

Intraempreendedorismo no mercado atual

Muitas empresas têm um sistema de defesa aguçado no que se diz respeito a esse tipo de funcionário, afinal, mesmo que toda empresa queira crescer, muitas não querem que um funcionário leve o mérito por isso. Porém, o Intraempreendedorismo é uma das maiores inovações que qualquer empreendimento possa ter.

É preciso ver que o cenário está mudando e já ter funcionários capacitados e que já conheçam o método de trabalho e perfil da empresa, pode gerar muito mais resultados do que contratar uma empresa de fora ou um novo gestor. É sempre preferível dar oportunidades para quem já está caminhando lado a lado com a empresa.

Logicamente, em algum momento, o funcionário empreendedor sentirá que é hora de se ausentar para poder, finalmente, abrir seu próprio negócio. Isso é visto de forma negativa por muitos superiores, porém, denota que a empresa capacita profissionais e forma verdadeiros empresários competentes e sábios.

Tipos de Intraempreendedorismo

O Intraempreendedorismo não corre sozinho e, como já é de se esperar, existem diversas ramificações que partem do mesmo. Isso significa que é necessário uma equipe alinhada e harmoniosa, além do recursos necessários para fazer com que as ideias e projetos tomem a forma correta.

Existem dois tipos de Intraempreendedorismo que são muito conhecidos:

Intraempreendedorismo de valor agregado

Nessa modalidade, o Intraempreendedor tem a função de agregar valor para a empresa, gerando ideais para inovações e crescimentos. Tudo isso, logicamente, ligado ao nome da empresa. Exemplos extremamente conhecidos e famosos são Google e Apple. Toda a ideia de lucro está ligada diretamente ao nome da empresa e àquele serviço que ela já desempenha.

Como é possível observar, toda a força que essas marcas possuem, está ligada diretamente ao resultado de um Intraempreendedorismo saudável e que sabe desenvolver projetos entendendo e analisando as necessidades dos clientes. Logo, pode-se notar que o tato e a empatia são outras duas características que um Intraempreendedor precisa ter.

Intraempreendedor Spin-Off

Nessa modalidade, os projetos e ideias fogem completamente das propostas tradicionais da empresa. Spin-Off significa ideias e propriedades intelectuais que, nem sempre, estão ligadas diretamente à ideia principal.

A forma como as ideias vão surgindo nesse tipo de Intraempreendedorismo, é muito relativa e pode variar constantemente. De qualquer forma, é sempre válido averiguar se tanto os colaboradores quanto os superiores estão de acordo com as ideias e se a mesma não foge muito daquilo que a empresa propõe.

Ou seja, mesmo que as ideias fujam do tradicional, é sempre válido manter a identidade para que os clientes continuem se identificando com a marca.

Virar um Intraempreendedor

Para entrar nessa carreira, é preciso desenvolver algumas características e observar alguns pontos em específico, como:

Observe como a empresa se comporta em relação à inovação

Para que as ideias não sejam futuramente barradas pelo chefe, é preciso estudar como a empresa se comporta perante novas ideias e também à modernização. Afinal, o conceito do Intraempreendedorismo é muito novo no território Brasileiro e muitas empresas ainda não o conhecem ou ainda não se sentem prontas para aceitar a ideia de que possuem funcionários empreendedores.

Visão sistêmica

Independente de empreender dentro ou fora da empresa, desenvolver uma visão sistêmica é essencial na hora de tomar uma iniciativa. A visão sistêmica nada mais é do que ter uma visão “sobre o todo” da empresa. Logo, isso pode ajudar, e muito, a entender os impactos que a implementação de um sistema ou ideia pode gerar.

Além disso, todo empreendedor deve saber, pelo menos, o básico dos fatores que fazem uma empresa atingir o sucesso.

Entenda o processo de inovação

Estudar e entender que tudo está ocorrendo de uma forma muito rápida, é essencial para ser um Intraempreendedor de sucesso e destaque. Saber como uma startup funciona, como trazer os conceitos de uma para dentro da empresa, etc. É sempre válido estudar as novas tecnologias do mercado, o Marketing Digital, Design Thinking, etc.

Tudo isso fará com que as ideias inovadoras surjam mais rapidamente e de forma muito mais efetiva. Além disso, a probabilidade de erros se torna muito menor.

Pergunte a si mesmo

Perguntar a si mesmo se terá sucesso como um Intraempreendedor, é fundamental. Afinal, é uma rotina um tanto quanto cansativa e que demanda uma quantidade maior de tempo e disposição do que os outros funcionários.

Porém, o é Intraempreendedorismo uma ótima forma de crescimento profissional e aprendizados que serão levados para a vida toda.

Deixe seu Comentário