Contabilidade

Método PEPS, UEPS e custo médio

Método PEPS, UEPS e custo médio

Além de estar atento a questões como o que é CPP ou o IRPJ, o gestor deve estar atento a forma com que administra o seu estoque e atribui valor a suas mercadorias. O método PEPS, UEPS e custo médio são distintas formas de gerenciar o estoque de empresas e o custo dos produtos comercializados, deste modo, devem ser bem estudadas por quem está a frente da gestão financeira de uma empresa.

Mas qual é a diferença entre essas distintas formas de controle de estoque e como saber qual se adequa melhor ao seu empreendimento? Pensando nessas questões, selecionamos as principais características de cada método, suas vantagens, em quais casos mais se adequam, dentre outras informações, que auxiliarão você na administração dos seus negócios!

O método PEPS

A sigla PEPS significa Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair e é uma tradução da sigla norte-americana FIFO (“First in, First Out”). Deste modo, o método PEPS preconiza que a empresa deve dar saída ao primeiro lote de produtos que adentrar o estoque.

Quanto ao custo da mercadoria, no método PEPS, o lote mais antigo é o que define o valor do estoque em geral. Sendo assim, se uma loja possui em seu estoque 100 unidades de um determinado produto obtido pelo custo de R$ 10,00 cada, seu estoque equivale a R$ 1000,00. Após a primeira saída de itens, o gestor irá realizar a solicitação de mais produtos para repor o estoque, mas o valor dessa nova remessa pode subir.

Desta forma, vamos supor que o valor de cada produto sobe para R$ 11,00. Uma parte do estoque será vendida pelo valor antigo e somente a nova remessa será comercializada pelo valor de R$ 11,00. Assim sendo, o gestor financeiro terá mais facilidade para calcular o valor de cada venda.

Seguindo o nosso exemplo, caso a diferença de R$ 1,00 não seja cobrada do cliente e toda a remessa solicitada for vendida a R$ 10,00, o lucro da empresa será R$ 1,00 abaixo sobre cada mercadoria.

As vantagens do método PEPS

Cada uma das metodologias de avaliação, seja método PEPS, UEPS e custo médio, possui vantagens específicas para o gestor. O método PEPS é a melhor opção para os empreendimentos que atuam dentro do setor alimentício, pois priorizam a saída dos produtos mais antigos e, sendo assim, evitam a perda de mercadorias.

Outra questão interessante é que o cálculo do valor é baseado em custo e lucro real, deste modo, não são realizadas estimativas sobre o valor total do estoque, proporcionando que o gestor financeiro possa ter mais segurança e facilidade na administração dos recursos da empresa.

O método UEPS

Dentre os métodos PEPS, UEPS e custo médio, o UEPS é o único que não é aceito pela Norma Brasileira de Contabilidade atualmente. O método de gestão de estoque UEPS significa Último a Entrar, Primeiro a Sair, portanto é o contrário do PEPS. Esse método também é conhecido, tanto no Brasil como no exterior, como LIFO (“Last in, First out”).

Como os últimos lotes adquiridos pela empresa são os que valorizam a venda e, desta forma, aumenta o preço da mercadoria e os custos, os impostos para pagar ao Estado são menores. Além disso, como o valor do produto adquirido mais recentemente é maior que o antigo, as empresas conseguem vender por preços muito superiores aos seus custos e isso acarreta o aumento da inflação no país.

Por esses motivos que o UEPS não é legalizado no país como método de gestão de estoque não deve ser utilizado contabilmente, mas somente como forma de gerenciamento.

Método PEPS, UEPS e custo médio

As vantagens do método UEPS

Como mencionado anteriormente, cada uma das formas de gerenciamento de estoque, seja método PEPS, UEPS e custo médio, proporciona um benefício para cada tipo de empreendimento.

No caso do PEPS, o seu emprego é fundamental para empresas do ramo alimentício que possuem prazos de validade menores. Portanto, estas devem dar prioridade para a saída dos estoques mais antigos.

Já no ramo tecnológico ou produtos que possuam um alto grau de inovação é mais interessante a aplicação do método UEPS. Isso ocorre, pois essas mercadorias não são perecíveis e são constantemente atualizadas devido a natureza desse tipo de mercado. Este é o caso de celulares, automóveis, dentre outros.

O método custo médio

Como o nosso objetivo nesse post era falar sobre método PEPS, UEPS e custo médio, falta mencionar a última técnica de gestão de estoque. Diferentemente das duas metodologias já apresentadas, o custo médio não considera uma ordem cronológica para aplicar valor às mercadorias.

Sendo assim, o valor do estoque da empresa é calculado a partir da soma dos distintos valores de aquisição de produtos e dividindo esse valor pela quantidade total. Deste modo, o calculo deve ser atualizado conforme novos itens adentram o estoque.

As vantagens do método custo médio

Dentre o método PEPS, UEPS e custo médio, esse último é o mais adotado no Brasil, pois, além de ser aceito pelo Estado, é de fácil implementação por parte de quem administra uma empresa.

Além disso, esse método de controle de estoque é largamente empregado aqui no país pelo fato de apresentar uma ação estabilizante na gestão de estoque. Isso significa que a flutuação de valores são amenizadas e as despesas reais de obtenção são refletidas a longo prazo.

Como saber quando aplico método PEPS, UEPS e custo médio?

Como visto anteriormente, para optar entre o método PEPS, UEPS e custo médio é importante verificar a Norma Brasileira de Contabilidade. Conhecer a natureza de seu empreendimento, se é do ramo alimentício ou tecnológico, por exemplo. Assim, será possível verificar qual meio de controle de estoque se adequa melhor aos seus negócios.

Considerações finais

Método PEPS, UEPS e custo médio são os principais métodos de gerenciamento de estoque utilizados no país e no mundo. Como foi demonstrado, cada um possui as suas limitações e possibilidade para o controle de estoque. Sendo assim, é fundamental que o gestor financeiro esteja atento as especificidades da empresa a qual presta serviços. De modo a proporcionar o bom desempenho dos negócios, a lucratividade e o equilíbrio financeiro.

Deixe seu Comentário