Empreendedorismo Dicas Ideias de Negócios

Como empreender durante a crise: Confira algumas ideias para fugir do vermelho

empreender durante a crise

Infelizmente, o Brasil enfrenta diversas crises ao longo dos anos. Essas mesmas crises despertam grandes consequências na economia, no desemprego e ao redor de tudo que norteia a nossa sociedade. Sendo assim, ter uma garantia ou procurar empreender durante a crise, pode ser determinante na hora de somar a renda do fim do mês.

Dito isso, se você possui a preocupação de garantir uma boa renda, empreender durante a crise e se tornar o seu próprio chefe, saiba que você veio ao lugar certo, pois hoje separamos algumas ideias de negócio para empreender durante a crise e conseguir um ótimo retorno. Confira!

1. Venda dindins, geladinhos, sorvetes e picolés

Se você está procurando algo para empreender durante a crise com pouco dinheiro para conseguir conquistar uma renda extra, saiba que vender dindins, geladinhos, sorvetes e picolés é uma excelente opção de negócio para se investir em todo o ano. Isso porque até mesmo no inverno há uma procura muito grande por esses produtos.

Certamente você já deve saber que essa é uma das áreas mais promissoras para se investir, principalmente durante o verão, certo? E de fato é verdade, vender coisas geladas debaixo daquele solzinho chato possui um grande potencial, principalmente, mas não somente, em cidades onde há praia. Aliás, eis outro lugar muito bom para realizar esse tipo de venda. Mas, saiba que esses são produtos que vendem em todo o lugar, portanto, o segredo para se destacar é inovar e apresentar sempre o seu melhor.

No caso de dindin e geladinho, você pode inovar com sabores novos, misturas deliciosas e até mesmo com misturas alcoólicas. Esse último tem crescido cada vez mais, pois tem procura e demanda. Então, não deixe a insegurança te paralisar, invente e reinvente, pois, com certeza, você terá um bom retorno.

No caso de picolés e sorvete, você tem duas opções: você pode produzir e vender a sua criação ou você pode comprar para revender. De qualquer forma, o lucro pode ser garantido se você procurar oferecer um bom produto, um bom atendimento, dedicação e um bom preço.

De qualquer forma, essa é uma excelente oportunidade para quem procura um negócio para empreender durante a crise com pouco dinheiro, mas deseja conquistar um bom resultado nas vendas.

2. Ofereça aulas particulares

Se você é do tipo de pessoa que acumula muito conhecimento, tem paciência e sabe ensinar, dar aulas de reforço pode ser um meio maravilhoso para empreender durante a crise e para conseguir um dinheiro extra.

No entanto, é importante ressaltar que você de fato deve possuir um bom domínio em alguma matéria para poder explicá-la, obviamente, e precisa também gostar de trabalhar com pessoas.

O melhor dessa ideia é que você pode começar (testar) dentro da sua própria casa, ajudando um irmão, um primo, tia, etc.

Então, saiba que esse ainda é um ramo muito procurado e pode ser um excelente negócio para empreender durante a crise, se você souber o que está fazendo e se o fizer com dinâmica e com amor.

3. Venda alimentos

Se você é do tipo de pessoa que gosta de se aventurar na cozinha e sempre recebe elogios pelas suas criações, comece a monetizar esse seu dom e começar a ver nele uma excelente ideia para empreender durante a crise.

Um dos ramos que cresce muito em qualquer lugar é o ramo da culinária, em especial o ramo de marmitas, doces, salgados, pães, bolos, etc. Por isso, muitas pessoas enxergam nessa ferramenta uma chance de vender o seu próprio produto caseiro, e sim, querido leitor, isso tem dado muito certo para muitas pessoas

Sendo assim, a nossa dica é não ter medo, é investir em uma boa qualidade, em um bom atendimento, um bom preço e apostar em sabores diferenciados, personalizados e oferecer produtos que atendam clientes variados.

Outra dica, caso você queira vender a sua mercadoria de porta em porta (o que é muito interessante em períodos de crises), é procurar vender esses produtos em horários estratégicos e sempre oferecer amostras, pois isso ajuda a conquistar encomendas, etc.

4. Venda roupas e acessórios

Vender acessórios e roupa em lojas físicas, na internet ou de porta em porta, também pode ser uma excelente forma de empreender durante a crise e conseguir um bom lucro.

Isso porque a maioria das pessoas quando veem uma roupa linda ou um acessório maravilhoso não conseguem simplesmente ignorar e, consequentemente, acabam comprando, uma vez que conseguir boas roupas, com bom acabamento e qualidade, não é fácil. E é justamente isso que faz desse tipo de produto um negócio rentável para esse e qualquer tipo de venda (desde que sejam bons produtos, assim como mencionamos).

Sendo assim, se você procura algo para empreender durante a crise com pouco dinheiro, saiba que investir na venda de roupas e acessórios pode te ajudar muito mais do que você imagina e ainda pode fazer toda a diferença na sua renda, pois esse tipo de mercadoria vende durante o ano todo

5. Revenda produtos

Uma dica para quem deseja aumentar a renda trabalhando em casa e empreender durante a crise, é se tornar uma revendedora de produtos. Isso porque ao se tornar uma revendedora de alguma marca conhecida e procurada, a sua chance de ter um bom lucro é muito grande. Além disso, você pode trabalhar sem sair de casa.

A dica é que você pesquise e procure mais sobre a marca que você deseja vender, pois enquanto algumas empresas exigem um certo investimento inicial, outras permitem que você comece a vender sem nenhum custo.

Outra dica é: Se você é revendedora de algum produto, saiba que o instagram é um excelente espaço para a conquista de clientes. Isso porque durante crises (como nesse período de isolamento, por exemplo) a procura por produtos online cresce muito, e o instagram é uma rede que até suporte oferece para quem deseja empreender.

Resumindo, esse é um negócio muito interessante e que tem ajudado muitas pessoas a conquistarem suas rendas. Então, não descarte essa opção de negócio, pois ela realmente traz muito lucro e ajuda a conquistar clientes fiéis.

6. Ofereça serviços de beleza em domicílio

Ter a opção de poder se cuidar em casa e ter todo o suporte de profissionais especializado vem sendo cada vez mais procurado (como uma consequência da pandemia) e continuará como uma excelente ideia de negócio para abrir nos outros anos. Ou seja, eis uma excelente ideia para empreender durante a crise

Isso porque com a correria do dia a dia, o tempo é curto e o cansaço acaba tomando conta quando uma folguinha aparece, o que faz com que muitas pessoas optem por apenas ficar em casa para tentar recuperar as forças e para seguir firme e forte nas jornadas diárias. Sendo assim, trabalhos de maquiadores, cabeleireiros e demais profissionais da estética tem sido muito procurados a cada dia.

Sendo assim, se você “manja” da produção de maquiagens e/ou de penteados e, principalmente, se você está se profissionalizando nessas áreas, essa é a sua chance de ganhar uma graninha extra e, quem sabe, ver nisso uma oportunidade de negócio para abrir no futuro.

7. Venda enxovais

Enxovais são outro tipo de produto que realmente vendem durante crises e, principalmente, que vendem bem de de porta em porta. Isso porque as pessoas sempre precisam de uma roupa de cama extra, mas nem sempre saem de casa para procurar exclusivamente esse tipo de mercadoria. Então, por isso, bater de porta em porta vendendo enxovais, pode ser uma forma de empreender durante a crise bem rentável para você.

A dica é: procure por materiais de qualidade, procure por grandes fábricas e fabricantes, faça contato com eles para conseguir adquirir as peças por preços baixos e, consequentemente, venda por um bom preço para conseguir conquistar e fidelizar os seus possíveis clientes.

8. Venda cosméticos e demais produtos de beleza

Se você é revendedora de algum produto, saiba que vendê-los de porta em porta é um excelente meio para a conquista de clientes e para empreender durante a crise. Isso porque nem sempre temos tempo ter tempo de sair para comprar o que é necessário para o nosso kit de beleza, principalmente quando alguém trabalha 24 horas por dia em casa ou 24 horas por dia em alguma empresa.

Então, ter alguém que vá até a sua casa para vender produtos de beleza ou utilitários que todo mundo gosta, tais como: maquiagens, cremes, séruns, brincos, colares ou quaisquer outros produtos relacionados, é uma verdadeira mão na roda.

9. Comece um brechó

Como já falamos muito por aqui, a ideia clássica para empreender com pouco dinheiro e que não poderia ficar fora dessa seleção são os brechós. Isso porque a venda de produtos usados é um dos seguimento que mais cresce, principalmente dentro das plataformas de redes sociais. E o melhor de tudo isso é que você pode vender o que você quiser.

Brechós são muito conhecidos pela venda de roupas usadas ou seminovas, mas, além disso, dentro de brechós você pode encontrar todo tipo de coisa, desde jogos de videogame até eletrônicos.

Então, se você possui coisas que estão guardadas há anos e não sabe o que fazer com elas, por que você não abre o seu próprio brechó? Esse pode ser o primeiro passo para um futuro incrível. Além disso, você pode fazer tudo online também, caso não tenha ou não queira adquirir um espaço físico. Para isso, basta criar um site e uma conta na sua rede social de preferência e começar a anunciar.

Artigos relacionados:

Deixe seu Comentário