Curiosidades Dicas Empreendedorismo Ideias de Negócios

Merqueo Delivery: saiba mais sobre o app de entregas que acabou de chegar ao Brasil

Merqueo

Merqueo é um aplicativo para pedir comida que acabou de chegar ao Brasil.

Fundado por uma startup colombiana, a plataforma promete oferecer preços muito mais interessantes aos empresários e consumidores do que os demais aplicativos já vigentes.

Isso porque o modelo de negócio da companhia consiste em montar grandes galpões de estoques, onde ficam armazenados todos os produtos e onde a logística da empresa é controlada de ponta a ponta.

Ou seja, toda a mercadoria é comprada, estocada e entregue pela Merqueo, o que faz com que o intermediário seja extinto e os custos sejam diminuídos consideravelmente.

De acordo com Giselle Tachinardi, diretora de Marketing & Growth da Merqueo, a startup colombiana investirá US$ 20 milhões no primeiro ano de operação no Brasil e prevê um crescimento ainda maior da marca no país.

Merqueo

A Merqueo

Inicialmente a Merqueo foi desenvolvida como uma plataforma para entregas de compras de supermercado, após a empresa perceber uma grande defasagem da presença dos apps de entrega nesse seguimento. Portanto, para preencher essa lacuna e oferecer aos mercados o que os restaurantes já estavam tendo, a Merqueo surgiu.

Hoje, claramente já podemos encontrar esse tipo de entrega em vários apps de delivery. No entanto, como mencionado, por ter todo o controle desde o estoque das mercadorias até a efetiva entrega dos pedidos, a Merqueo consegue oferecer preços ainda mais competitivos, se comparada aos demais apps de entrega.

Então, por conta disso, essa plataforma já vem com a promessa de ser uma excelente alternativa para os demais aplicativos de delivery como, por exemplo, o Uber Eats, Rappi e iFood.

Lançamento do app

Lançada efetivamente no fim de julho no Brasil, a Marqueo já possui contratos fechados com empresas como Nestlé, Ambev, Unilever, Coca-Cola, Parmalat, P&g e Mondeléz, e já estabeleceu a “sede” da empresa nesse estágio inicial de operação, que ficará em São Paulo em um galpão com nada mais e nada menos do que quatro mil metros quadrados.

Então, além das mochilinhas vermelhas (iFood), laranjada (Rappi) preta e verde (uber eats), agora também veremos muitas mochilas rosas pelas ruas, uma vez que a Merqueo promete manter várias delas circulando pelo país todos os dias.

Uma curiosidade sobre a Merqueo é que, segundo Miguel McAllister, presidente e cofundador da startup, a companhia cresceu sete vezes só no último ano e, apesar de não divulgar seu faturamento, foram US$ 35 milhões aportados desde então.

Artigos relacionados:

Deixe seu Comentário