Dicas

Vale a pena vender no Mercado livre?

Vale a pena vender no Mercado livre

Atualmente a internet se tornou um ótimo lugar para se fazer negócios, e por isso muitos sites focados no tema começaram a surgir, até mesmo o Facebook destinou algum espaço da sua rede para que fosse possível fazermos negócios. As pessoas tem passado a perder o receio de fazer compras online, como tinham no começo da década, pois viram o tamanho da facilidade que isso nos gera.

Um dos sites de maior destaque nesse ramo de compra e venda de produtos é o famoso Mercado Livre, onde é permitido que as pessoas anunciem os seus produtos em busca de achar alguém que queira comprar. Mas, ele é mesmo confiável? Quanto ele cobra de taxa por anúncio? Bom, essas e outras perguntas nós iremos responder a seguir.

O que é Mercado Livre?

O Mercado Livre é um site referência em compra e venda de produtos na internet, sendo utilizado por milhares de compradores e vendedores, é um bom lugar para encontrar produtos específicos que você não acharia em nenhum outro.

Como a compra na internet se tornou algo bem comum entre os brasileiros, os sites que fazem esse serviço também aumentaram em números, porém poucos tem a confiabilidade que o Mercado Livre possui.

Mercado Livre é confiável?

Se você está se perguntando se é seguro comprar no Mercado Livre, bom isso depende, como os anunciantes não estão ligados a uma empresa, eles podem acabar não entregando o produto que prometeram. Mas, para lidar com isso existe um jeito, basta seguir as dicas a seguir, que as chances de você ser enganado diminuem bastante.

O site criou um termômetro que indica a confiabilidade do vendedor, sua cor vai sendo definida pelas avaliações e o número de vendas que o efetuou, caso o termômetro esteja verde, indica é que ele é confiável, porém, se ele estiver vermelho ou cinza, pode ser que apenas tenha feito poucas vendas ou não é bem avaliado pelos consumidores.

Também é possível observar se ele possui medalhas no seu perfil, caso tenha, é o que chamamos de MercadoLíder, ou seja, já realizou muitas vendas com ótimas avaliações, além de cumprir as normais fiscais. Lendo as qualificações que foram feitas sobre o vendedor você também poderá adquirir mais confiabilidade sobre ele, caso elas sejam positivas, se forem negativas você já sabe.

Cheque se o produto possui garantia, todo produto novo pode já vir estragado, então é importante que você possua algo que lhe proteja de perder dinheiro. Caso mesmo tendo seguido todas essas dicas, ainda acabou prejudicado, pode entrar com uma reclamação junto com o site Mercado Livre, caso possua a razão eles devem resolver tudo.

Como vender no Mercado Livre?

Caso você queira vender no Mercado Livre, existem algumas normas que deve seguir para que possa passar uma boa imagem do produto. Quando anunciar um produto, certifique-se de descrevê-lo adequadamente, pondo nome, marca e modelo correto, e ainda suas especificações técnicas e demais características. Também deve contar fotos de boa qualidade, tiradas de vários ângulos para que expressem o que é o produto.

Para definir o preço você pode pesquisar produtos semelhantes que existam no próprio site, para assim definir um valor justo. Utilize o MercadoPago, o método mais seguro tanto para o vendedor quanto para o comprador, nele pode se pagar por cartão de crédito, boleto bancário ou com dinheiro em saldo. Outro benefício é mesmo que você venda parcelado receberá a quantia em uma só vez. Pode-se retirar o dinheiro das venda para qualquer conta bancaria com um preço fixo de R$ 3,00.

O Mercado Livre não utiliza telefone para confirmar pagamentos, apenas e-mail ou mensagens no próprio site, então saiba que se alguém te ligar querendo confirmar o pagamento, trata-se de um golpe.

O frete pode ser uma maneira de conquistar muitos clientes, devido ao alto custo, muitas pessoas desistem de realizar compras porque as vezes você paga mais no frete do que pelo produto. Por isso, se conseguir fazê-lo de maneira gratuita, irá receber mais compradores, também pode disponibilizar a opção de Sedex para entregas mais rápidas.

Como funciona os tipos de contas do Mercado Livre para quem quer vender

Existem três planos quando você criar sua conta no Mercado Livre, existe a grátis, o clássico e o Premium. Depois de criar conta mesmo sendo grátis você poderá fazer upgrades obviamente. A grátis conta com uma exposição do seu produto baixa, ele poderá ficar exposto por 60 dias, mas não poderá ser parcelado sem juros, também possui a opção MercadoPago, não existe uma tarifa para anunciar.

A conta clássica possui uma taxa de exposição alta, o produto pode ficar exposto por tempo ilimitado, mas também não permite vender parceladamente e sem juros. E por fim temos a conta Premium, onde existe a máxima exposição, pode-se deixar por tempo ilimitado o produto exposto. Existe a opção de parcelamento sem juro dos produtos, possui o MercadoPago, e não paga por anuncio.

Quanto as tarifas por produtos vendidos, na modalidade grátis não existe nenhuma cobrança, devido a limitação de vezes que você pode vender ao ano, porém a clássica e a Premium existe uma taxa de 11% e 16% respectivamente para produtos com valor de R$ 120,00 ou mais. Para produtos com valor menor de R$ 120 é cobrado 11% por venda mais R$ 5,00 a unidade para modalidade clássica, e 16% por venda mais R$ 5,00 a unidade para modalidade Premium.

Porque vender no Mercado Livre?

É um dos sites mais acessados do Brasil, quando se pensa em comprar, logo ele vem em mente, por isso anunciar no Mercado Livre é muito bom, já que sua visibilidade é gigantesca.

Montar uma loja virtual é algo complicado, mas vender no Mercado Livre é fácil, pois não precisa que você programe nada, apenas ponha com detalhes do que quer vender. A segurança é outro ponto que se sobressai nesse site, o vendedor só enviará o produto após o site avisar que o valor já foi pago pelo cliente.

Deixe seu Comentário