Tipos de negócios

Como montar um mercadinho? Confira as melhores dicas

Como montar um mercadinho

Abrir o próprio mercadinho é sonho de diversos brasileiros atualmente. No entanto, você sabe como montar um mercadinho? Abrir um desses locais de venda é algo que quase ninguém sabe como fazer de forma eficiente, geralmente levando alguns meses de aprendizado para que você tenha noção de como tudo irá funcionar para obter lucro.

Pensando em te ajudar nessa tarefa tão difícil, selecionamos as melhore dicas para que você tenha um início satisfatório no seu mercadinho. Confira!

Escolha um bom local

Iniciando com dica essencial, temos a escolha de um local. Hoje muitos empreendedores julgam que a escolha de uma propriedade é algo fácil e que não merece tanta atenção. No entanto, esse pensamento atrapalha todo o funcionamento do mercadinho futuramente, visto que ele pode simplesmente ficar sem clientes.

Atualmente, buscar uma região sem ter algumas precações poder custar todo o seu dinheiro. Dentre os principais cuidados, temos a segurança do local. No Brasil, não é difícil de encontrar cidades que apresentem um elevado nível de perigosidade, geralmente tendo um alto número de assaltos. Por esse motivo, diversos mercados acabarem simplesmente sendo alvo desses criminosos que, em diversas vezes, levaram uma parte considerável da sua renda semanal.

Para evitar essa situação, temos duas dicas. A primeira, escolher um local seguro, sempre fazendo uma visita e entendendo como montar um mercadinho eficiente no bairro. Já a segunda, evitar ficar com grandes quantidades de dinheiro em caixa. Atualmente, ficar com valores acima dos 200 reais é desnecessário para um mercadinho, visto que ele funcionará somente para que os possíveis pagamentos diários sejam feitos.

Produtos essenciais

Os produtos são as principais coisas que um empresário deve ficar atento na montagem de um mercado. No entanto, muitos investidores acabam simplesmente comprando aquilo que é encontrado a disposição, uma grave erro. Atualmente, é interessante que você perceba a necessidade dos consumidores, sendo os produtos mais essenciais.

Funcionando como guia, a cesta básica é a melhor referência para entender quais são esses produtos. Todavia, é sempre valido entender como funcionará o estoque de cada um deles. Hoje os produtos que ficaram em maior quantidade são o arroz e feijão, provavelmente os alimentos que serão mais cobiçados por seus clientes e, consequentemente, gerarão mais dinheiro.

Além desses dois, é sempre interessante que você busque por proteínas animais. Como você provavelmente já deve saber, carnes em geral são bastante procuradas em mercadinhos. No entanto, nesse caso, você dificilmente achará um preço tão acessível assim, sendo recomendo que a compra diretamente com o fornecedor.

Embora a proteína animal seja algo essencial para um mercadinho, é importante ressaltar que o investimento em geladeiras especificas para essa área são de enorme necessidade, sempre estando ligadas e, consequentemente, consumindo energia.

Como montar um mercadinho

Invista em equipamentos

Como foi citado, equipamentos são de enorme importância. No entanto, nem sempre comprar qualquer marca e interessante para seu negócio. Hoje você precisa investir em equipamentos que comportem corretamente seu estoque, seja ele de carne ou de alimentos não perecíveis.

Para isso, buscar marcas que oferecem diversas opções de refrigeradores e prateleiras é essencial. Vale lembrar que, principalmente no caso da carne, eles necessitam ter uma capacidade superior ao seu estoque base, uma vez você poderá necessitar de mais espaço rapidamente caso o número de clientes aumente, algo que geralmente ocorre em datas comemorativas.

Além desses cuidados, o investimento em uma maquina de cartão de crédito é interessante, visto que muitas pessoas não utilizam mais o dinheiro como principal forma de compra. Graças aos avanços tecnológicos, esses métodos de pagamento digitais são bem mais seguros.

Tenha um bom capital de giro

Como já foi possível perceber, montar um mercadinho exige um bom investimento inicial. Em especial, caso você queira deixar ele completamente funcional já na abertura. Todavia, gastar todo o dinheiro com a montagem não é nada recomendado. Hoje, para abrir um desses negócios requer que você tenha um bom capital de giro. Desse modo, evitando que o você fique impossibilitado de passar o troco para seus clientes.

Além disso, o capital de giro é necessário para situações emergenciais. Não é raro de encontrar ao longo da semana um produto que ficará em falta. Para isso, um capital de giro permite que você faça uma compra rapidamente, visto que pode acontecer do seu fornecer não aceitar um cartão de crédito ou débito no momento.

Propaganda

Embora todo o processo de montagem de um mercadinho seja bem complicada, nem sempre você conseguirá uma boa quantidade de clientes já no início. Para isso, a propaganda é a melhor de aumentar suas vendas. Contudo, empresários mais tradicionais veem o marketing como uma perda de tempo e dinheiro, apesar dessas pessoas ainda serem a minoria.

Hoje, principalmente com a chegada das redes sociais, tudo está bem mais fácil de divulgado. Para os supermercados, esses meios de comunicação aproximam a empresa com cliente cada vez mais. Desse modo, permitindo que ele se lembre da marca com frequência.

Por outro lado, essas divulgações mais novas podem ser ignoradas por certas pessoas, principalmente visto que elas geralmente moram distantes do bairro em que está localizado o seu mercadinho. Uma boa estratégia para resolver isso é a divulgação tradicional. Hoje, não é difícil achar empresas distribuindo sua logomarca em banners espalhados por um certo local.

No caso de um mercadinho, isso é quase que obrigatório. Em especial, quando esses anúncios estão localizados em pontos conhecidos do bairro, geralmente sendo praças ou perto de monumentos históricos.

Encontre fornecedores

Finalizando com uma dica que poucas pessoas seguem, temos o contato com fornecedores. Atualmente comprar em atacados pode ser uma opção que fará você perder muito dinheiro. Em especial, caso exista apenas um em sua cidade, visto que eles tendem a aumentar o preço devido não haver concorrência.

Nesses casos, fornecedores de carnes e produtos não perecíveis podem ser encontrados nas proximidades, geralmente sendo pessoas contratadas pelas próprias fabricantes. Desse modo, fazendo com que o produto da empresa ganhe mais relevância e esteja presente em mais mercadinhos, inclusive no seu.

Para encontrar um desses fornecedores, é interessante que você busca o contato através do site da fabricante. Hoje, essa é a forma ágil de como montar um mercadinho que já conte com preços competitivos.

Deixe seu Comentário